Aumentam casos de hospitalização de pacientes devido à Covid-19

Chicumbe

O país tem registado, nos últimos tempos, um aumento gradual e progresso de doentes infectados pelo novo coronavírus a necessitarem de internamento hospitalar, o que está a preocupar as autoridades sanitárias.

Segundo explicou o director nacional de Observação e Inquéritos no Instituto Nacional de Saúde, Sérgio Chicumbe, durante a apresentação esta tarde, 27.07, da análise epidemiológica da Covid-19, nos últimos dois meses o país teve um aumento considerável de pacientes que necessitam de isolamento hospitalar, tendo chegado a 20 em Junho e neste mês de Julho, a quatro dias do fim, já são contabilizados 20.

Em relação aos óbitos, a fonte refere que a variação é relativamente baixa, tendo sido contabilizados quatro em Junho e cinco este mês. Aliás, fazendo uma comparação com os países da região, o responsável refere que o país está entre os tem menor taxa de óbitos em 1 milhão de habitantes nesta epidemia, com 0.4 por cento, num conjunto que é liderado pela vizinha África do Sul, que tem 112,2 por cento.

Em termos de casos positivos, Sérgio Chicumbe refere igualmente que o país está entre os últimos três com menor taxa por 1 milhão de habitantes, contando com 52 pacientes em cada.

Entretanto, sobre a evolução da pandemia no país, o especialista explicou que há uma tendência crescente do aumento do número de amostras testadas por dia, sendo que apesar disso, a taxa de positividade ainda está nos 3.2 por cento. Desde o início da pandemia os laboratórios nacionais do sector público e privado já testaram 53.465 amostras, que resultaram em 1701 casos positivos.

Em termos de província, Cabo Delgado e Nampula apresentam uma elevada taxa de positividade no país, com 8.8 e 7.9 por cento respectivamente, apesar de possuírem menor quantidade de amostras testadas em relação a província e cidade de Maputo que tem 3.98 e 3.03 por cento cada.

Sobre a origem dos casos positivos, o responsável explica que a vigilância activa predomina em relação aos importados e rastreio de contactos casos positivos.

De uma forma geral, Sérgio Chicumbe entende que a transmissão local é a forma predominante de propagação do vírus no país, sendo por isso de extrema importância a adopção contínua das medidas de prevenção.

Actualmente, Moçambique conta com 1701 casos positivos da Covid-19, sendo 1541 de transmissão local e 160 importados. Daquele total, 596 estão livres da doença, onze morreram devido a pandemia e outros dois por causas diferentes.

Fale connosco acerca do COVID-19

Estamos para o servir! Questione e receba respostas.

Liga para os números acima ou preencha o formulário a seguir para receber resposta por email. Este formulário não serve para testes.