Capacidade de diagnóstico do novo Coronavírus reforçada com a oferta de 250 mil dólares

O Instituto Nacional de Saúde (INS) recebeu esta quarta-feira, 02.12, um fundo avaliado em 250 mil dólares americanos, o equivalente a 18.4 milhões de meticais para reforçar a sua capacidade operacional de diagnóstico do novo coronavírus.

O valor foi entregue pela Companhia de Pipeline Moçambique-Zimbabwe (CPMZ) e deverá ser usado para o reforço da capacidade infra-estrutural e tecnólogica da delegação do INS na província de Sofala.

Segundo o presidente do Conselho de Administração da CPMZ, António Laice, o donativo enquadra-se nas acções de responsabilidade social daquela entidade visando o apoiar o governo nos esforços de combate ao novo Coronavírus.

Na sua intervenção o Ministro de Saúde, Armindo Tiago, que dirigiu o acto, agradeceu pelo gesto, referindo que o apoio será destinado à ampliação das infraestruturas e capacidade tecnológica para a vigilância e diagnóstico de COVID-19 na província de Sofala e na região centro do país.

Ministro de Saúde, Armindo Tiago

“É importante sublinhar que este apoio se reveste de importância particular, considerando que o mesmo tem lugar no contexto do fortalecimento da Delegação do INS na província de Sofala”, frisou.

A entrega simbólica do donativo contou com a presença do Director-geral do INS, Ilesh Jani, os directora para as áreas de Laboratórios de Saúde Pública e de Formação e Comunicação, Sofia Viegas e Rufino Gujamo respectivamente

Refira-se que o INS tem vindo a alargar as suas capacidades humanas, tecnológicas e de infra-estrutura para o diagnóstico da COVID-19, implantado e colocando tecnologia adequada nos laboratórios de saúde pública existentes nas várias províncias.

O valor deverá ser usado para o reforço da capacidade infra-estrutural e tecnológica da delegação do INS na província de Sofala.

O donativo deverá ser usado para reforçar a capacidade infra-estrutural e tecnológica da delegação do INS na província de Sofala

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *