Cerca de 60 cidadãos que estavam em acompanhamento recebem alta

rosa marlene

Um total de 57 indivíduos que estava em quarentena domiciliária e acompanhamento médico, por terem mantido contacto com alguns dos casos positivos da COVID-19 no país, recebeu alta, depois de ter cumprido todas as recomendações e não ter desenvolvido nenhuma sintomatologia relacionada com a pandemia.

No total eram 196 indivíduos que estavam nesta situação, sendo que, segundo a directora nacional de Saúde Pública, Rosa Marlene, falando no habitual briefing de actualização dos casos da COVID-19, com a saída dos 57, continuam em acompanhamento 139 contactos.

Em relação à actualização do número de infectados pela doença, a responsável referiu que o país continua com 10 casos positivos, dos quais um recuperado. Através do Instituto Nacional de Saúde (INS), o país testou até um total de 367 casos suspeitos, dos quais 4 nas últimas 24 horas, sendo que todas revelaram-se negativos para a COVID-19.

Por outro lado, revelou que o MISAU estabeleceu 15 centros de atendimento de pessoas infectadas com a doença, apetrechados com 586 camas em todo o país, para além de 687 profissionais de saúde devidamente treinados, duas ambulâncias por cada província, para atendimento, internamento e transporte dos casos confirmados da COVID-19.

Disse, igualmente que, com o apoio dos parceiros, estão sendo montadas 4 mil tendas, sendo duas em cada unidade sanitária, que servirão para atender somente os casos de tosse e febre.

A Directora Nacional reiterou o apelo do Governo para a observância e cumprimento rigoroso das medidas de prevenção, por sinal a melhor forma do combate a doença.

Por sua vez, o Director-Geral Adjunto do INS, Eduardo Samo Gudo, deu o ponto de situação das acções em curso no domínio da investigação e diagnóstico laboratorial dos casos suspeitos relacionados com o indivíduo infectados pela COVID-19 no acampamento de uma das multinacionais de exploração de hidrocarbonetos em Afunge, na província de Cabo Delgado. Referiu que chegaram 30 amostras para testes laboratoriais, sendo que os resultados de todo o processo, possivelmente, poderão ser tornados públicos na tarde de quinta-feira.