Coronavírus mata 31 pessoas e infecta mais de 2.000 no país

Nas últimas 24 horas, o país registou 31 mortes causadas pela COVID-19. No mesmo período, mais 2.153 pessoas testaram positivo para o vírus. A informação foi partilhada esta quinta-feira (22), pelo Ministério da Saúde (MISAU), em comunicado de imprensa.

O comunicado explica que os óbitos anunciados ocorreram nos últimas dias 20 e 21, com excepção de seis, que foram registadas hoje. Das vítimas mortais, 19 são homens e doze, mulheres, sendo 30 moçambicanos e um estrangeiro, cujas idades variam de 28 a 97 anos.

Deste modo, sobe para 1.221 o número de mortes por COVID-19 desde o início desta pandemia. Sobre os casos positivos, o MISAU reporta que 2.121 são moçambicanos e 32, estrangeiros. Destes, 1.193 são do sexo feminino e 960 do sexo masculino. Todos os novos casos resultam de transmissão local.

A cidade de Maputo registou o maior número de casos positivos (1.133), seguida pela província de Maputo, com 362. Com estes dados, Moçambique soma um total de 105.866 casos positivos inscritos, dos quais 105.497 de transmissão local e 369 importados.

O comunicado refere, ainda, que, nas últimas 24 horas, mais 57 pessoas ficaram internadas e outras 33 tiveram alta hospitalar, facto que eleva para 5.167 o total de internados, dos quais 487 ainda recebem cuidados médicos em unidades sanitárias.

Os dados apontam, igualmente, para mais 715 pessoas recuperadas da infecção. Destes, 714 são moçambicanos e um, estrangeiro, passando a totalizar 80.773 o número de indivíduos livres da doença. Actualmente, o país conta com 23.868 activos do novo Coronavírus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *