COVID-19 mata 17 pessoas em Moçambique

Mais 17 pessoas morreram devido à COVID-19 no país. No período das últimas 24 horas, outras 931 testaram positivo para a doença. Dos pacientes que perderam a vida, nove são mulheres e sete, homens, todos nacionais, com idades entre 25 e 90 anos.

Em comunicado de imprensa partilhado hoje (14.08), o MISAU referiu que as mortes foram declaradas nos últimos dias 10, 11, 12 e 13, com excepção de três, que foram declaradas hoje. Com estes dados, sobe para 1.707, o número de óbitos no país, desde o início da pandemia.

Quanto aos novos infectados, entre eles, 919 são moçambicanos e 12, estrangeiros, sendo 524 mulheres e 407 homens, todos de transmissão local.

A capital do país (Maputo) continua na linha da frente com o registo de maior número de infecções (317), seguida pela província da Zambézia, com 135, nas últimas 24 horas.

Com estes números, o país passa a ter um novo total de 138.344 casos positivos registados do novo coronavírus, dos quais 137.975 são de transmissão local e 369 importados.

O MISAU anunciou, igualmente, que nas últimas 24 horas, mais 31 infectados estão internados e 28 tiveram alta hospitalar, totalizando 6.463 o número de internados, dos quais 304 estão, até agora, no leito hospitalar.

Para além de novos internamentos, Moçambique tem um total de 117.399 pessoas totalmente livres da doença, com a recuperação, nas últimas 24 horas, de mais 450 infectados nacionais e quatro estrangeiros. Actualmente, o país tem 19.234 activos da doença.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *