COVID-19 mata duas pessoas em 24 horas

Depois de três dias sem nenhum registo de morte por COVID-19, Moçambique volta a registar mais dois óbitos devido à doença, em 24 horas, elevando para 1.921 o número de perdas humanas.

As vítimas mortais são dois moçambicanos de 33 e 44 anos, cujos óbitos declarados ontem, segundo dados divulgados esta sexta-feira (08.10), pelo Ministério da Saúde (MISAU).

Ainda hoje, mais 36 pessoas testaram positivo para o novo Coronavírus. Trata-se de 32 indivíduos de nacionalidade moçambicana e quatro, estrangeira, sendo 22 homens e 14 mulheres. Todos os casos resultam de transmissão local.

A província de Cabo Delgado registou o maior número de infecções pelo vírus. Com 14 casos, ultrapassou a província de Nampula, que registou 11 casos da doença. Assim, o país passa a ter, cumulativamente, 150.935 casos positivos inscritos, dos quais 150.566 são de transmissão local e 369 importados.

Há registo de um caso de internamento e três altas hospitalares, facto que eleva para 6.989 o total de internados, dos quais 19 ainda recebem cuidados médicos em unidades sanitárias.

No período em referência (últimas 24 horas), o país não registou nenhum caso de recuperação da COVID-19, continuando com o cumulativo de 147.847 indivíduos livres do vírus.

Com estes dados, Moçambique passa a ter 1.163 casos activos do novo Coronavírus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.