COVID-19: Moçambique com oito óbitos e 343 casos positivos

Pelo menos oito pessoas perderam a vida e outras 343 testaram positivo para a COVID-19 no país, segundo dados avançados hoje (23.08) pela directora-djunta de Saúde Pública, Benigna Matsinhe, em conferência de imprensa concedida pelo Ministério da Saúde (MISAU). Dos pacientes que perderam a vida, seis são homens e duas, mulheres, com idades entre 42 e 74 anos.

A dirigente explica que os óbitos ocorreram ontem, com excepção de um, que foi declarado hoje. Deste modo, sobe para 1.808 o número de mortes por COVID-19 registado desde o início da pandemia.

Sobre os casos positivos, Benigna Matsinhe reporta que 341 são moçambicanos e dois, estrangeiros. Destes, 184 são do sexo feminino e 159 do sexo masculino. Todos os novos casos resultam de transmissão local.

Durante a conferência, Benigna fez saber que, mais uma vez, a província de Niassa registou o maior número de casos positivos (129), seguida pela cidade de Maputo, com 116. Com estes dados, Moçambique soma um total de 143.127 casos positivos inscritos, dos quais 142.758 de transmissão local e 369 importados.

A Directora refere ainda, que, nas últimas 24 horas, mais 15 pessoas ficaram internadas e outras 24 tiveram alta hospitalar, facto que eleva para 6.668 o total de internados, dos quais 190 ainda recebem cuidados médicos em unidades sanitárias.

A boa nova é que mais 272 moçambicanos estão livres do vírus, passando a totalizar 126.313 o número de indivíduos livres da doença. Actualmente, o país conta com 15.002 activos da COVID-19.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *