Homem de 46 anos morre por COVID-19

Moçambique registou na tarde deste domingo, 01/11, a nonagésima terceira morte por COVID-19, após o falecimento de um homem de 46 anos de idade que havia sido internado num centro hospitalar na Cidade de Maputo.

Depois da morte da mulher de 60 anos de idade, anunciada ontem, 31/10, subiu para 93 o cumulativo de pessoas que morreram depois de terem sido infectadas pelo Coronavírus. “O caso foi notificado no dia 26/10/2020 e o óbito foi declarado no dia 31/10/2020”, lê-se no Comunicado de Imprensa tornado público na tarde deste domingo pelo Ministério da Saúde (MISAU).

Segundo o MISAU, nas últimas 24 horas, Moçambique fez testes a 1.479 pessoas e 119 dos testes revelaram-se positivos para a COVID-19, o que eleva para 12 mil e 988 o cumulativo de pessoas infectadas.

O número de pessoas recuperadas reduziu drasticamente nas últimas 48 horas. Ontem, nenhuma pessoa se recuperou. Hoje, 01/11, apenas duas pessoas se recuperaram. Estes números provocaram uma redução na percentagem dos recuperados. No dia 31/10, havia um registo de 81.1 porcento de recuperados, mas hoje a percentagem baixou para 80.4 que representa o total de 10 mil e 439 pessoas recuperadas.

Moçambique continua empenhado no combate contra a COVID-19 através do rastreio de contactos de casos positivos. Até 31/10, as autoridades da Saúde haviam rastreado 2.776.834 pessoas, das quais, 50.587 foram submetidas à quarentena domiciliar. Neste momento, 6.320 pessoas observam ainda a quarentena domiciliar e 2.654 contactos de casos positivos estão em seguimento.

Veja a seguir o resumo dos dados estatísticos sobre a incidência da COVID-19 em Moçambique relativos ao dia 01 de Novembro de 202:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *