Inquérito Sero-epidemiológico avalia exposição da COVID-19 no Distrito da Matola

A cidade da Matola acolheu hoje, 14.09, o lançamento do Inquérito Sero-epidemiológico sobre a COVID-19, acto que tem em vista mapear as áreas de maior circulação do novo Coronavírus e encontrar as novas cadeias de transmissão ao nível do Distrito da Matola através da testagem serológica de diversos grupos socio-profissionais e agregados familiares.

O lançamento do estudo, que é coordenado pelo Instituto Nacional de Saúde (INS), em colaboração com as Autoridades de Saúde da Província de Maputo, ocorreu em dois momentos, sendo o primeiro no Hospital Provincial da Matola, sob direcção da Secretária de Estado da província de Maputo, Vitória Diogo.
O segundo momento teve lugar no Mercado Santos e foi dirigido pelo Presidente do Conselho Municipal da Matola, Calisto Cossa.

Na ocasião, a delegada do INS na Cidade de Maputo, Edna Viegas, esclareceu que o inquérito vai abranger alguns grupos profissionais que pela natureza do seu trabalho estão potencialmente mais expostos ao novo Coronavírus como, por exemplo, os profissionais de saúde, os trabalhadores dos mercados, transportadores públicos e privados, incluindo as forças de defesa e segurança.

Igualmente vão ser abrangidos agregados familiares de alguns bairros desta urbe.

A secretária de Estado na província de Maputo, Victória Diogo, referiu que com o inquérito será possível saber exactamente quantas pessoas estão infectadas ou expostas à COVID-19 na Cidade da Matola, descobrir novos focos ou pontos de transmissão deste vírus, de forma que, em função dos resultados, o sector de Saúde e o Estado, em geral, possam adoptar novas e melhores estratégias de como lidar com a pandemia.

Por seu turno, na sua interação com os vendedores do mercado Santos, o Presidente do Conselho Municipal da Matola, Calisto Cossa, apelou para uma maior adesão ao inquérito, frisando a necessidade de os trabalhadores dos mercados se mostrarem disponíveis a responderem às perguntas do questionário e na realização da testagem serológica, o que poderá concorrer para o sucesso do estudo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *