Lançada campanha de comunicação para a intensificação à prevenção da COVID-19 e eliminação do estigma

A Cidade de Nampula acolheu esta sexta-feira, 03 de Julho, o Lançamento da Campanha de Comunicação para a Intensificação da Prevenção a COVID-19 e Eliminação do Estigma e Discriminação em Moçambique, denominada “Está nas nossas mãos”, evento que reuniu na sala de Conferências do Mônica Shopping o Ministro da Saúde, o Governador da Província de Nampula, o Secretário de Estado da Província de Nampula, Quadros do Ministério da Saúde, do Instituto Nacional de Saúde, lideranças tradicionais locais, empresariado e parceiros de cooperação.

O Ministro da Saúde, Armindo Tiago, dirigindo-se aos presentes, mostrou ser necessário que todos se adaptem a conviver com o novo Coronavírus, dado que ainda não foi descoberta uma vacina.

Ao que o titular da pasta da Saúde chamou de “novo normal”, devemos passar a olhar as coisas de ângulo diferente e até certas práticas como positivas.

“As diversas medidas que temos vindo a seguir para a prevenção da COVID-19, olhado de maneira positiva notamos que a constante higienização das mãos com água e sabão ou álcool gel ajudam-nos a prevenir outras doenças, como a cólera. O uso da máscara, por exemplo, ajuda a prevenir problemas respiratórios”.

Tiago disse ser preocupante a onda de estigma e discriminação verificada um pouco por todo o país para com pessoas ou famílias diagnosticadas positivas à COVID-19. Tendo, entretanto justificado o lançamento da Campanha de Comunicação para Intensificação da Prevenção da COVID-19 e Eliminação do Estigma e Discriminação um imperativo com vista a uma sociedade cada vez mais uma em prol do combate à COVID-19.

“No nosso país temos vindo a registar relatos de situações de estigma e discriminação de pessoas infectadas e afectadas pela COVID-19. Este é um fenómeno que contraria os princípios que norteiam o funcionamento normal e saudável da nossa sociedade. Igualmente, este fenómeno contraria o espírito de solidariedade multiforme e multinível que caracteriza o nosso povo e sua cultura”, disse o Ministro da Saúde.

Ao nível das estruturas máximas da província de Nampula, *o Governador da Província e o Secretário de Estado da Província de Nampula* mostraram-se comprometidos com a causa e de tudo fazerem para o reforço das acções de prevenção deste vírus, e para a eliminação do estigma e discriminação.

O lançamento da campanha culminou com uma interacção no mercado “provisório” de Waresta, no bairro de Natikiri, tendo ainda o Ministro visitado as acções em curso no mercado Waresta, que está encerrado, para obras de melhoria que permitam o distanciamento social.

No local, Armindo Tiago apelou para uma melhor organização do mercado “provisório” de Waresta, pois o aglomerado que lá se verifica pode concorrer para o aumento de casos da COVID-19.

No Waresta recomendou ainda* a instalação de pontos de desinfecção e a colocação de bancas para a venda de forma a evitar que os vendedores se façam ao chão, o que os pode colocar muito vulneráveis a contrair o vírus e outras doenças.

No âmbito da Campanha “Está nas nossas mãos” várias acções de comunicação e educação orientada para a prevenção e combate ao estigma terão lugar na cidade de Nampula, cujo destaque se insere na massificação da informação ao nível dos Órgãos de Comunicação Social, do envolvimento das lideranças locais em acções de mobilização a boas práticas e a não discriminação de quem vive com o vírus, até porque todos estão susceptíveis a contrair.

Ao nível dos transportadores, nas artérias da cidade, nos mercados e nos bairros estão previstas acções de sensibilização para maior prevenção e não ao Estigma e Discriminação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *