Mais 12 pessoas perdem a vida devido ao Coronavírus em Moçambique

As autoridades sanitárias do país notificaram, nas últimas 24 horas, 12 óbitos causados pela COVID-19 e 918 casos positivos da doença. A informação foi avançada através de um comunicado de imprensa emitido na tarde de hoje (03).

Os óbitos foram notificados em sete homens e cinco mulheres, todos de nacionalidade moçambicana, cujas idades variam de 15 a 87 anos. Entre os perecidos, contam-se 10 da cidade de Maputo, um da província de Sofala e igual número de Tete.

O referido comunicado indica que nove dos óbitos ocorreram ontem e outros três foram declarados hoje, elevando o cumulativo de mortes pela COVID-19 para 2.031 desde o começo da pandemia viral.

Em relação aos indivíduos que acusaram positivo para o novo Coronavírus, o Ministério da Saúde (MISAU) reportou que 903 são nacionais e 15, estrangeiros. Destes, 524 são do sexo feminino e 394 do sexo masculino.

Desta vez, a província de Manica registou o maior número de pessoas infectadas (196), seguida pelas províncias de Sofala e Nampula, que diagnosticaram 136 e 108 casos, respectivamente. Assim, o país passa a contar com um cumulativo de 193.371 casos positivos inscritos, dos quais 32.656 estão activos.

No mesmo período, 52 infectados ficaram internados e 31 tiveram alta hospitalar. Agora, o total de internados é de 7.721, sendo que 201 estão sob cuidados médicos no leito hospitalar.

O MISAU reportou, ainda, um registo de 1.496 recuperados da enfermidade viral. Desta cifra, 1.205 são da cidade de Maputo, 141 da província de Sofala, 75 de Manica, 61 de Nampula e 14 da Zambézia, aumentando para 158.680 o cumulativo daqueles que se livraram da doença.

Leave a Reply

Your email address will not be published.