MISAU reforçado com equipamento de protecção contra a Covid-19

O Ministério da Saúde recebeu, esta quinta-feira, 23 de Abril, do empresário moçambicano Salimo Abdula, equipamento de protecção contra o novo coronavírus, composto por mil viseiras para o pessoal médico. A mesma quantidade foi disponibilizada ao Ministério do Interior.

Na ocasião, Salimo Abdula reconheceu os esforços e entrega do Governo na implementação das medidas de prevenção e combate a Covid-19.

Achamos que estes profissionais estão muito expostos à contaminação por esta doença e a prevenção mostra-se primordial. Estamos cientes de que este equipamento, por si só, não é suficiente para suprir as necessidades do pessoal de saúde e da nossa polícia, tendo em conta o impacto devastador que esta pandemia tem causado. Mas acreditamos que esta oferta vai potenciar a protecção daqueles que dia e noite zelam pela nossa saúde e segurança”, referiu Abdula.

O empresário informou que fez o lançamento da campanha para angariação de fundos para aquisição de diversos equipamentos indispensáveis no combate ou mitigação do novo coronavírus.

O ministro da Saúde, Armindo Tiago, agradeceu o gesto da família Abdula, referindo que este contributo é de grande importância e que o mesmo será distribuído e usado de forma racional pelos profissionais de saúde e garantiu que fará a entrega das mil viseiras ao Ministério do Interior.

O governante desafiou os moçambicanos no geral e a família Abdula, em particular, para que, no âmbito da solidariedade humana que os caracteriza, possam apoiar com máscaras caseiras à população carenciada de Cabo Delgado, que vem sendo fustigado por condições adversas, tais como as doenças da Covid-19 e malária, a instabilidade provocada pelos insurgentes e, muito recentemente, o ciclone Kenneth.

Respondendo ao desafio, Maria Assunção Abdula, esposa do empresário, prometeu dois mil máscaras caseiras para a província de Cabo Delgado.