Moçambique regista mais dez casos de Covid-19

O número de indivíduos diagnosticados com a infecção do novo coronavírus no país subiu para 254 este domingo, com a notificação de mais 10 casos, segundo informação avançada esta tarde, 31.05, pela directora nacional de Saúde Pública no Ministério da Saúde, Rosa Marlene.

Trata-se de nove indivíduos do distrito de Palma, província de Cabo Delgado, todos do sexo masculino e resultantes do rastreio de contactos de casos previamente testados positivos.

O décimo caso é da província de Nampula e resulta de uma acção de vigilância activa nas unidades sanitárias.

 “Todos os casos são de nacionalidade moçambicana, sendo que nove são assintomáticos e um apresenta-se com sintomatologia leve a moderada”, explicou a responsável, referindo que os mesmos se encontram em isolamento domiciliar e neste momento decorre o processo de mapeamento dos seus contactos.

 Os 10 notificados da Covid-19 este domingo saem de um lote de 607 amostras testadas nas últimas 24 horas. 

 Rosa Marlene referiu, por outro lado, que o país registou mais um recuperado da infecção do novo coronavírus, passando a ter um cumulativo de 91 pessoas previamente infectadas já curadas.

 Sobre os dois pacientes internados, um em Inhambane e outro em Cabo Delgado, indicou que continuam estáveis e com boa evolução clínica.

 Refira-se que o país conta neste momento com 254 casos de Covid-19 confirmados em laboratórios, dos quais 91 são considerados recuperados, dois óbitos e dois internados.

Na ocasião, o MISAU informou que foram registados, na última sexta-feira, 29.05, na fronteira de Ressano Garcia-Moamba, uma vaga de repatriamento tempestivo de moçambicanos que se encontravam na África de Sul, num total de 61 pessoas. 

 Rosa Marlene explicou que uma equipe multissectorial constituído pelo SENAME, INGC, INACE, SAUDE, seguindo os protocolos previstos para estas circunstâncias, submeteu a todos ao rastreio da COVID-19 e evacuados, no Sábado, para os seus destinos em transporte organizado pelas autoridades, sendo quatro da Cidade de Maputo, 23 da província do mesmo nome, Gaza (25), Inhambane (4) e Manica com cinco.

Sobre a situação da comunidade Moçambicana na diáspora, informou que há mais três infectados, sendo 2 na vizinha África do Sul e um na Rússia. “Assim, há um cumulativo 19 moçambicanos na diáspora com a infecção da COVID-19, dos quais onze estão recuperados, sete continuam activos e um óbito”, referiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *