Moçambique regista mais duas mortes e 281 novas infecções de COVID-19

O número de óbitos devido à infecção pelo novo Coronavírus no país subiu para 39, esta quarta-feira, 16 de Setembro, com o anúncio de mais duas mortes na cidade e província de Maputo.

Segundo anunciou o Ministério da Saúde (MISAU), em comunicado de imprensa de actualização de casos da COVID-19, os dois óbitos são pacientes de 71 e 63 anos de idade, do sexo feminino e masculino, respectivamente, ambos de nacionalidade moçambicana, que perderam a vida após um agravamento do seu estado clínico durante o internamento numa unidade hospitalar da Cidade de Maputo. Os casos foram notificados nos dias 13 e 15 de Setembro e os óbitos foram declarados nos dias 15 e 16 do mesmo mês.

Por outro lado, nas últimas 24 horas, foi registado um novo recorde diário de novos casos positivos, um total de 281.

Com estes novos casos, o país tem cumulativamente 5.994 casos positivos, dos quais 5.710 de transmissão local e 284 importados.

“Os casos hoje notificados saem de um lote de 1.628 amostras testadas nas últimas 24 horas, nos laboratórios nacionais dos sectores público e privado.

A Cidade de Maputo registou o maior número de casos, 156, correspondendo a 55.5 por cento do total dos casos reportados hoje em todo o país, seguida pela província de Gaza, com 76 casos.

Sobre os internados, o MISAU refere que 40 cidadãos estão sobre cuidados médicos nos centros de isolamento. Nas Províncias de Nampula, Zambézia, e Tete com um indivíduo cada. Dois na Província de Gaza e trinta e cinco internados na Cidade de Maputo.

Nas últimas 24 horas, 86 pessoas recuperaram totalmente da doença, perfazendo um total de 3.267 pacientes livres do novo coronavírus.

Refira-se que neste momento, 5.218 pessoas observam ainda a quarentena domiciliar e 2.329 contactos de casos positivos estão em seguimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *