Moçambique regista número mais alto de casos de Covid-19 em 24 horas

O País registou, esta segunda-feira, 142 casos positivos de infecção pelo novo coronavírus, a quantidade mais alta de novas infecções em um só dia, desde que foi notificado o primeiro infectado a 22 de Março do ano em curso.

Com os doentes registados hoje, o país eleva o total cumulativo para 2.411 pessoas com a doença confirmadas no laboratório, sendo 2.228 de transmissão local e 183 importados.

Dados partilhados em conferência de imprensa desta segunda-feira pelo Ministro da Saúde, Armindo Tiago, indicam que os casos registados saem de um volume de 1.773 amostras testadas em laboratórios públicos e privados, provenientes de quase todas as províncias.

Do total dos 142 novos infectados, 78 são da cidade de Maputo, 34 na província do mesmo nome, 21 em Gaza, um de Sofala, dois em Manica e seis de Nampula.

“Os casos hoje reportados resultam da vigilância activa em curso nas unidades sanitárias e por apresentarem sintomas ligeiros encontram-se em isolamento domiciliar. Neste momento decorre o processo de mapeamento dos contactos dos mesmos”, referiu o responsável.

Em relação aos recuperados, foram registados 20 pessoas curadas da doença, sendo que dois são de Niassa, quatro de Nampula, um na Zambézia, sete em Inhambane, quatro em Maputo e dois na capital do país.

Todos os indivíduos recuperados são de nacionalidade moçambicana, e elevam o total para 860 pessoas previamentes diagnosticadas a doença e que se livraram.

Armindo Tiago apelou a população para o cumprimento rigoroso das medidas de prevenção para travar a elevada propagação deste vírus, com destaque para o distanciamento social, higiene pessoal e lavagem regular das mãos com água e sabão, uso regular da máscara, sobretudo em locais com aglomeração de pessoas, entre outras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *