Mortes por COVID-19 disparam em Moçambique

covid moçambique ins

O país registou, entre ontem e hoje, 15 óbitos causados pela COVID-19. Entre as vítimas mortais, estão nove mulheres e seis homens, todos de nacionalidade moçambicana, com idades que variam de 12 a 96 anos. A informação foi dada esta tarde, através de um comunicado de imprensa partilhado pelo Ministério da Saúde (MISAU).

O referido comunicado indica que, dos óbitos, nove ocorreram na capital do país e os restantes nas províncias de Inhambane, Gaza, Sofala e Cabo Delgado. Assim, o cumulativo de pessoas perecidas devido à enfermidade viral sobe para 2.065.

No mesmo período, o MISAU registou a infecção de 3.301 indivíduos, dos quais 3.268 nacionais e 33 estrangeiros. De entre eles, 1.839 são do sexo feminino, 1.458 do sexo masculino e quatro ainda não identificados. A cidade de Maputo continua à frente, com o registo de 459 infectados e uma taxa de positividade de 25.84 por cento.

Actualmente, o país tem 203.241 casos positivos registados do novo Coronavírus, dos quais 36.733 continuam activos.

Igualmente, houve registo de 74 novos internamentos, 27 dos quais na cidade de Maputo, e 40 altas hospitalares no período em alusão, facto que eleva o total de internados para 7.905, sendo que 251 se encontram sob cuidados médicos nos centros de isolamento.

De ontem para hoje, 4.118 pessoas recuperaram da doença, elevando o total daqueles que se livraram da COVID-19 para 165.271. A cidade de Maputo registou 2.528 recuperados, o maior número, e é seguida pelas províncias de Sofala, Manica, Maputo, Cabo Delgado, Nampula e Tete, que registaram 434, 401, 374, 230, 66 e 85 casos, respectivamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.