Número de óbitos por COVID-19 já ultrapassa 2 mil no país

INS covi19

Nas últimas 24 horas, houve registo de mais 10 mortes causadas pelo novo Coronavírus em Moçambique, entre as quais uma menor de quatro meses de idade. Com estes dados, o cumulativo de mortes pela doença, desde o início da pandemia em Moçambique, já se situa em 2.006.

No mesmo período, 4.861 indivíduos testaram positivo para a doença, elevando o cumulativo de contágios para 189.080, segundo um comunicado de imprensa do Ministério da Saúde (MISAU) emitido na tarde desta sexta-feira, último dia do ano 2021.

Entre as vítimas mortais, contam-se seis homens e quatro mulheres, todos de nacionalidade moçambicana. Dos óbitos registados, dois ocorreram no último dia 29 e oito foram declarados ontem.

Do total dos casos positivos hoje anunciados, 2.683 são do sexo feminino, 2.174 do sexo masculino e quatro ainda por identificar. O documento refere, ainda, que, dos casos positivos, 4.814 são de nacionalidade moçambicana, 47, estrangeira. Todos resultam de transmissão local.

A cidade de Maputo lidera o número de infecções pelo vírus, com 919 casos, e apresenta uma taxa de positividade de 43.23 por cento. Com estes números, o país passa a contar com um total de 30.500 casos activos do novo Coronavírus.

As autoridades sanitárias reportaram, ainda, a ocorrência de mais 24 altas e 59 novos internamentos, 31 dos quais na cidade de Maputo, facto que eleva o cumulativo de internados para 7.586. Nos centros de isolamento para doentes da COVID-19, estão180 infectados. Destes, 120 encontram-se na cidade de Maputo.

Nas últimas 24 horas, mais 567 pessoas recuperaram da COVID-19, número que eleva o cumulativo dos que venceram a doença para 156.570. Quanto à distribuição geográfica dos recém-recuperados, o MISAU fez saber que 457 são da província de Maputo, 79 de Sofala, 22 de Niassa e nove da Zambézia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *