Óbitos por Covid-19 sobem para 21 e recuperados para 1.661

Óbitos por Covid-19 sobem para 21 e recuperados para 1.661

O país registou mais um óbito devido a Covid-19, elevando o total de pessoas perecidas por esta pandemia para 21, segundo informação apresentada esta tarde,24.08, pela directora nacional adjunta de Saúde Pública, Benigna Matsinhe.

Trata-se de um indivíduo de nacionalidade moçambicana, de 54 anos de idade, que deu entrada no Hospital Central de Maputo no dia 20 de Agosto, com um quadro de doença crónica e respiratória graves. Foi testado para o SARS Cov2 no dia da sua admissão, porém não resistiu, tendo sido declarado óbito no dia seguinte, 21 de Agosto. O resultado do teste de infecção pelo novo Coronavírus saiu positivo no dia 23 de Agosto, segundo explicou a fonte.

Por outro lado, Moçambique registou, nas últimas 24 horas, o número mais elevado de pacientes recuperados da Covid-19, um total de 158.

Segundo Benigna Matsinhe, todos os recuperados são de nacionalidade moçambicana e estão na província da Zambézia (um caso), seis em Tete, 94 de Gaza e 57 na província de Maputo.

Com este número, o país contabiliza 1.661 indivíduos previamente infectados pelo novo coronavírus, que se livraram da doença, o equivalente a 48.3 por cento do total dos casos notificados desde o início da pandemia.

Sobre os novos casos, o MISAU indicou que 45 pacientes foram diagnosticados a doença, num total de 1.016 amostras testadas de ontem para hoje nos laboratórios nacionais dos sectores públicos e privados.

Todos os 45 são indivíduos de nacionalidade moçambicana, sendo que 44 são de transmissão local e um é importado.

Em termos de distribuição por província, segundo Benigna Matsinhe, 12 estão em Cabo Delgado, oito na província de Nampula, quatro em Tete. A província de Inhambane notificou um caso, Maputo oito e a capital do país registou 12.

“Estes casos resultam de acções de vigilância activa e rastreio de contactos”, explicou a fonte, indicando que neste momento todos estão em isolamento domiciliar, enquanto decorre o rastreio dos respectivos contactos.

Com os dados actualizados hoje, o país eleva o total cumulativo dos casos diagnosticados para 3.440 casos positivos, dos 1.661 recuperaram da doença, 21 perderam a vida devido a doença e outros quatro por outras causas.

Neste momento, dez pessoas encontram-se internadas nos centros de isolamento hospitalares para doentes da Covid-19, sendo nove na cidade de Maputo e um em Gaza.

“Todos padecem de patologias crónicas graves”, refere.