Óbitos por Covid-19 sobem para 23 no país

O total de óbitos devido a infecção provocada pelo novo coronavírus, subiu este domingo para 23 no país, com o registo de mais uma morte em paciente que se encontrava internado na cidade de Maputo.

Segundo o comunicado de actualização de dados da Covid-19 no país, distribuído pelo Ministério da Saúde esta tarde, 30.08, trata-se de um homem com nacionalidade moçambicana, 46 anos de idade, que deu entrada no Hospital Central de Maputo no dia 25 de Agosto, com um quadro de doença respiratória grave. No mesmo dia foi testado para a Covid-19 e o resultado positivo saiu no dia 28 de Agosto, altura em que foi transferido para o centro de isolamento.

“Durante o internamento o paciente agravou o estado geral e foi declarado óbito na tarde do dia 29 de Agosto”, refere o documento.

Com este óbito, o número de pacientes que se encontravam internados baixou para 12, dos quais onze se encontram na cidade de Maputo e um em Sofala.

Por outro lado, o MISAU reportou a notificação de mais 61 novos casos positivos da Covid-1919, aumentando o total para 3.821 casos positivos, 3560 de transmissão local e 261 importados.

Os novos casos saem de um volume de 1.698  amostras testadas nos laboratórios nacionais do sector público e privado.

“Estes casos resultam da acção de vigilância activa e rastreio de contactos de casos positivos”, sendo 60 de nacionalidade moçambicana e uma nepalesa.

Em termos de localização dos pacientes, 30 estão na cidade de Maputo, nove na província do mesmo nome e um em Inhambane. Tete tem dois casos, Nampula seis, Niassa um e 12 estão em Cabo Delgado.

Nas últimas 24 horas foram registadas 22 pessoas recuperados da covid-19 em Moçambique, sendo seis em Cabo Delgado e 16 na província de Maputo.

Assim, o país já conta com 2.100 pessoas livres desta doença, representando 55 porcento do total de casos registados no país desde o início da pandemia.

Neste momento, o país soma 1.694 casos activos do novo coronavírus, 23 óbitos devido a doença e quatro por outras causas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *