Pemba prepara-se para processar amostras de SARS-CoV-2

Com os olhos focados na inauguração do Laboratório de Saúde Pública da cidade de Pemba, um total de quatro técnicos de saúde, afectos ao Núcleo de Investigação Operacional de Pemba (NIOP), estão em treinamento, desde o dia 15 de Julho corrente, sobre os diversos processos que envolvem a testagem de amostras suspeitas de infecção pelo novo Coronavírus.

A capacitação consiste em duas componentes fundamentais, a teórica e a prática, sendo que na primeira os formandos são introduzidos os aspectos etiológicos do novo coronavírus, manuseio dos equipamentos, recepção de amostras até ao próprio conceito de testagem das mesmas.

Pelo facto de ser um vírus carregado de exigências de biossegurança, devido ao elevado grau de contágio, a parte prática do treino é levado a cabo obedecendo todo o rigor técnico, típico do processo de testagem das amostras suspeitas de infecção por este vírus.

O treino é orientado por técnicos especializados do instituto Nacional de Saúde (INS), em preparação da inauguração do laboratório local, prevista para esta quinta-feira, (23.07), sob direcção do ministro da Saúde, Armindo Tiago.

Depois de Inaugurar o Laboratório em alusão, o ministro da Saúde, irá dirigir, na segunda feira (27.07), a cerimónia de divulgação dos resultados do Inquérito Sero-epidemiológico realizado na cidade de Pemba entre finais de Junho e meados de Julho, com o objectivo de avaliar o nível de exposição dos habitantes daquela urbe ao vírus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *