Registados 1.752 casos positivos da COVID-19 e quatro óbitos nas últimas 24 horas

Em Moçambique, mais 1.752 pessoas testaram positivo para a COVID-19 nas últimas 24 horas, de um total de 6.036 amostras suspeitas testadas no país. A informação consta de um comunicado de imprensa do Ministério da Saúde (MISAU) divulgado na tarde desta quinta-feira (13).

As infecções hoje anunciadas são de 1.724 moçambicanos e 28 estrangeiros, sendo que, entre eles, 933 são do sexo feminino e 797, masculino. Todos os novos infectados contraíram o vírus no território nacional.

A cidade de Maputo voltou a registar o maior número de casos positivos (346), seguida pelas províncias da Zambézia e de Inhambane, com 221 e 212 casos, respectivamente. Estes números elevam o cumulativo de contágios registados desde o início da pandemia para 126.599, dos quais 36.838 continuam activos.

No mesmo período, o MISAU registou quatro óbitos causados pelo novo Coronavírus. Entre as vítimas mortais, três são mulheres e um é homem. No grupo, inclui-se uma criança de oito anos de idade. Assim, o cumulativo de mortes pela doença sobe para 2.109.

No referido espaço de tempo, 23 pessoas ficaram internadas e outras 27 tiveram alta hospitalar, elevando para 8.191 o total de internados, dos quais 204 ainda recebem cuidados médicos em unidades sanitárias.

Os dados do MISAU apontam, igualmente, para mais 2.047 pessoas recuperadas da infecção, todas de nacionalidade moçambicana, passando a totalizar 177.608 o número de indivíduos livres da doença.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.