Registados mais dois casos de COVID-19 no país

Rosa Marlene, Directora Nacional de Saúde Pública

Moçambique registou nas últimas 24 horas mais dois casos de infecção pelo novo coronavírus, elevando o cumulativo para 354 doentes.

Segundo o Ministério da Saúde (MISAU), os dois casos positivos são do sexo feminino, e estão nas cidades de Maputo e Inhambane.

Segundo a directora nacional de Saúde Pública no Ministério da Saúde, Rosa Marlene, estes doentes resultam da vigilância activa nas unidades sanitárias.

A caracterização clínica dos casos confirmados indica que as duas pacientes apresentam sintomatologia leve e se encontram em isolamento domiciliar.

A responsável revelou que mais cinco pessoas estão completamente recuperadas da COVID-19, perfazendo 119 o número de pacientes livres da pandemia.

Sobre o facto de Moçambique constar na lista de países com uma epidemia crescente, o director-geral adjunto do Instituto Nacional de Saúde (INS), Eduardo Samo Gudo, informou que para fazer face a este cenário, o governo liderado por Filipe Nyusi vai intensificar as acções de sensibilização e descentralização da testagem para as províncias “começando por Sofala, Nampula, Zambézia, Cabo Delgado e Tete”.

No entanto, o responsável referiu que nas últimas 24 horas o país subiu 11 posições no ranking dos países com epidemia acelerada, encontrando-se agora na posição 17ª.

Já sobre o número de casos da COVID-19 no país, Samo Gudo disse que “saímos da posição 153 para 148, uma situação descrita como preocupante. Daí ser urgente cumprir com todas as medidas anunciadas pelo Governo”.

Prosseguindo, afirmou que o país vai realizar ainda este ano, inquéritos soro epidemiológicos rápidos, devendo iniciar já em Nampula, com objectivo de identificar a resposta do indivíduo ao vírus.

Até hoje, Moçambique conta com 354 casos cumulativos, dos 327 são de transmissão local e 27 importados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *