Registados três óbitos e 68 casos positivos da COVID-19

O número de óbitos provocados pelo Novo Coronavírus em Moçambique aumentou para 31 esta quinta-feira, 10/09, com o registo de mais três mortes na cidade de Maputo.

Segundo a directora Nacional de Saúde Pública no Ministério da Saúde, Rosa Marlene, o primeiro óbito é uma menor de 4 meses, sexo masculino e de nacionalidade moçambicana.

O mesmo deu entrada em uma unidade de cuidados intensivos de um Hospital do sector privado no dia 4 de Setembro em curso, transferido do Hospital Central de Maputo, onde esteve internado por anomalia genética e doença respiratória grave.

Este menor, segundo explicou, foi testado para o SARS Cov2 durante o seu internamento e o resultado saiu positivo no dia 6, data em que foi declarado óbito.

O segundo óbito é de uma mulher moçambicana, 65 anos de idade, que deu entrada no Centro de Internamento de COVID-19 no dia 5 de Setembro, transferida do Hospital Central de Maputo, com quadro de doenças crónica e respiratória graves.

 Foi testada para o SARS Cov2 e o resultado saiu positivo no dia 3 de Setembro.

“Durante o seu internamento evoluiu com persistência do quadro respiratório grave e foi declarada óbito no dia 8 passado”, explicou a responsável.

Já o terceiro óbito, paciente moçambicana, 62 anos de idade, deu entrada no Hospital Central de Maputo no dia 1 de Setembro, com quadro de doença respiratória grave e doença crónica. Foi testada para o SARS Cov2 e o resultado saiu positivo no dia 3 de Setembro, data em que foi transferida para o Centro de Internamento de COVID-19.

“Durante o internamento evoluiu com persistência do quadro respiratório grave e foi declarada óbito esta quarta-feira”, detalhou Rosa Marlene.

Com estas três mortes, o país já conta com 31 perecidos devido a esta pandemia e quatro por outras causas.

O MISAU relata ainda a notificação de 68 novos casos, saídos de 987 amostras testadas nas últimas 24 horas nos laboratórios nacionais.

“Todos os 68 casos hoje reportados são de nacionalidade moçambicana e são de transmissão local. Assim, o país tem cumulativamente 4.832 casos positivos registados, dos quais 4.549 casos são de transmissão local e 283 importados”, explica, indicando que estes casos se distribuem em 50 na cidade de Maputo, onze na Zambézia, quatro em Niassa. Gaza tem dois e a província de Maputo com um.

“Os casos hoje reportados encontram-se em isolamento domiciliar e decorre o processo de mapeamento dos seus contactos”, refere.

A vigilância do MISAU indica que foram registados mais três casos de internamento, todos na cidade de Maputo. Assim, o total de pacientes sob cuidados hospitalares subiu para 26, sendo um na província de Nampula, dois em Tete e 23 na Cidade de Maputo.

Por outro lado, foram registados 94 casos totalmente recuperados da COVID-19, sendo 36 na província de Nampula, 34 na província de Maputo e 22 na Cidade de Maputo.

Actualmente, Moçambique tem 2.857 indivíduos previamente infectados pelo novo coronavírus que estão totalmente recuperados da doença.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *