COVID-19 mata três pessoas no país

Trata-se de três moçambicanos de 45, 48 e 80 anos, que perderam a vida vítimas de COVID-19, segundo fez saber hoje o Ministério da Saúde (MISAU), em comunicado de imprensa. As mortes foram confirmadas no dia 28 do mês em curso, com excepção de uma, declarada no dia 27.

Na mesma nota, o MISAU referiu que, nas últimas 24 horas,  foram registadas 90 infecções pelo vírus em 87 indivíduos de nacionalidade moçambicana e três, estrangeira, sendo 51 homens e 39 mulheres. Todos os novos casos resultam de transmissão local.

A província de Niassa registou o maior número de infecções pelo vírus (53) seguida pela província de Cabo Delgado, com 11 casos. Assim, o país soma um total de 150.662 casos positivos inscritos, dos quais 150.293 e transmissão local e 369 importados.

Ainda no período em alusão (24 horas), cinco pessoas foram internadas e três tiveram alta hospitalar, elevando para 6.969 o total de internados, dos quais 32 ainda recebem cuidados médicos em unidades sanitárias.

O comunicado avançou, igualmente, para a recuperação de 123 moçambicanos, perfazendo o cumulativo de 146.966 indivíduos livres da doença.

O país conta, agora, com 1.777 activos da COVID-19.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *