Oito óbitos, 737 infectados e 45 novos internamentos no país

Oito pessoas morreram vítimas de COVID-19, entre sábado, domingo e segunda-feira (05), e outras 737 testaram positivo para a doença, segundo um comunicado de imprensa partilhado hoje, pelo Ministério da Saúde ( MISAU).

Entre os óbitos anunciadas hoje, cinco são homens e três são do sexo feminino, de idades que variam entre 24 e 21, todos de nacionalidade moçambicana. Deste modo, sobe para 912, o número de vítimas mortais por COVID-19 no país, desde o início desta pandemia.

De acordo com o MISAU, dos novos casos, 723 são de nacionalidade moçambicana, um é estrangeiro e 13 de nacionalidade ainda por identificar. Destes, 400 mulheres e 337 são homens, todos resultantes de transmissão local.

A cidade de Maputo diagnosticou o maior número de casos positivos (350), seguida pela província de Maputo com 126. Com estes dados, o país soma um total de 80.888 casos positivos inscritos, dos quais 80.519 são de transmissão local e 369 importados.

 Há, ainda,  mais 45 novos internados e 22 altas hospitalares, totalizando, até o momento, 242 internados sob cuidados médicos.

O documento aponta, igualmente, para uma subida do número de recuperadas (533), nas últimas 24 horas, das quais 531 são de nacionalidade moçambicana e duas estrangeiras. Assim, Moçambique tem um cumulativo de 72.167 pessoas totalmente recuperadas da doença.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *