Cresce número de óbitos e infecções por COVID-19 em Moçambique

Mais 14 pessoas morreram e 1.687 testaram positivo para a COVID-19, no período das 24 horas. A informação foi avançada hoje (12 de Julho), pela Directora Nacional de Saúde Pública, Rosa Marlene, em Conferência de Imprensa do Ministério da Saúde (MISAU), relativamente aos dados do novo coronavírus.

Dos óbitos registados hoje, seis são mulheres e oito homens, todos de nacionalidade moçambicana, com idades entre 15 e 91 anos.

A Directora referiu ainda que as mortes foram declaradas nos dias 10 e 11 do mês em curso, com excepção de cinco, que foram declaradas hoje. Com estes dados, sobe para 996, o número de óbitos no país, desde o início da pandemia.

Quanto aos novos infectados, entre eles, 1.683 são moçambicanos e quatro, de nacionalidade ainda desconhecida. Destes, 926 são do sexo feminino e 761, do sexo masculino, todos de transmissão local.

A capital do país (Maputo) continua na linha da frente com o registo de maior número de infecções (1.104), seguida pela província de Maputo, com 136, nas últimas 24 horas.

Com estes números, o país passa a ter um novo total de 90.555 casos positivos registados do novo coronavírus, dos quais 90.186 são de transmissão local e 369 importados.

Durante a Conferência, Rosa Marlene anunciou, igualmente, que nas últimas 24 horas, mais 58 infectados estão internados e 33 tiveram alta hospitalar, totalizando 4.414 o número de internados, dos quais 374 estão, até agora, no leito hospitalar.

Para além de novos internamentos, Moçambique tem um total de 73.880 pessoas totalmente livres da doença, com a recuperação, nas últimas 24 horas, de mais 262 infectados nacionais e um estrangeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *