País regista mais um óbito e 45 novos casos de Covid-19

Moçambique registou, nas últimas 24 horas, mais um óbito por Covid-19, elevando o cumulativo para cinco. Trata-se de um indivíduo do sexo masculino, com 38 anos de idade, que se encontrava internado no centro de isolamento da Polana Caniço, na cidade de Maputo.

Segundo explicou o ministro da Saúde, Armindo Tiago, falando esta tarde (21.06) na habitual Conferência de Imprensa de Actualização de Dados da Covid-19, o mesmo deu entrada no Hospital Central de Maputo com insuficiência respiratória grave e foi testado para SARS-CoV-2 no dia 16 de Junho.

“Durante o internamento, foi avaliado e conclui-se que apresentava várias comorbidades”, explicou.

Por outro lado, o governante anunciou o diagnóstico de mais 45 pessoas com infecção do novo coronavírus, sendo 41 moçambicanos e quatro malawianos.

Estes novos casos saem de um lote de 611 amostras testadas nos laboratórios nacionais nas últimas horas e são resultado do rastreio de contactos de casos positivos e da vigilância nas unidades sanitárias.

De entre os casos hoje anunciados hoje, temos 7 casos importados, sendo quatro de nacionalidade malawiana – entrada via Namaacha – e três moçambicanos, dos quais dois provém da África do Sul, através da fronteira de Ressano Garcia, e um da Tanzânia, entrada via Palma.

Em termos de distribuição por província, 22 são de Cabo Delgado, seis de Nampula, um da Zambézia, um de Gaza, oito da província de Maputo e sete da cidade de Maputo.

“Os casos hoje reportados encontram-se em isolamento domiciliar. Neste momento decorre o processo de mapeamento dos seus contactos”, referiu o dirigente.

Armindo Tiago anunciou igualmente o registo de mais 4 casos recuperados, sendo três de Cabo delgado e um de Gaza, elevando para 181 o total de cidadãos livres da doença. “Todos indivíduos têm nacionalidade moçambicana e cumpriram o isolamento domiciliar durante o período da doença”, especificou.

Neste momento, o país tem nove doentes da Covid-19 internados, sendo quatro em Nampula (um em estado grave), três na cidade de Maputo (3), um em Manica e outro em Sofala.       

Assim, Moçambique conta, actualmente, 733 casos positivos, dos quais 181 recuperados, cinco óbitos pela doença e um por outras causas.

Refira-se que o Ministério da Saúde declarou, este domingo, a cidade de Pemba, na província de Cabo Delgado, como local geográfico com transmissão comunitária da Covid-19, tornando-se a segunda região do país, depois da cidade de Nampula.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *